Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Carnaval de Torres Vedras espera 400 mil foliões

‘Carnaval mais português de Portugal’ custa 750 mil euros, mais 20 mil do que no ano passado.
Miguel Balança 9 de Fevereiro de 2019 às 10:15
A carregar o vídeo ...
Processo de resgate de idosa após queda em Vila Franca de Xira
O Carnaval de Torres Vedras, que se realiza de 1 a 6 de março, dá hoje o pontapé de saída com a inauguração do monumento alusivo ao tema deste ano, ‘made in Portugal’.

O ‘Carnaval mais português de Portugal’, com um orçamento de 750 mil euros (mais 20 mil em relação ao ano passado) e uma expectativa de receitas de 10 milhões de euros na economia local, espera atrair cerca de 400 mil visitantes.

As opções de alargar o perímetro da limpeza ao fim da noite e revistar os visitantes nas entradas justificam o agravamento dos custos. As revistas, assim como o bloqueio das ruas de acesso com veículos pesados, são medidas preventivas para reforçar a segurança.

Sob o tema ‘made in Portugal’, o Carnaval deste ano inspira-se em tudo o que é genuinamente português, como o monumento que é hoje inaugurado no centro da cidade, exibindo um galo de Barcelos gigante.

Outros símbolos portugueses como o Zé Povinho, o Aqueduto das Águas Livres, Ronaldo, Eusébio, Joana Vasconcelos e Mariza também figuram no Carnaval de Torres Vedras. Como habitualmente, antigos e atuais políticos nacionais e estrangeiros, bem como dirigentes desportivos, vão ser alvo de sátira.

O Carnaval de Torres Vedras mantém os habituais corsos diurnos (dias 3 e 5 de março) e noturnos (dias 2 e 4), com desfile de carros alegóricos e milhares de foliões mascarados, muitos dos quais disfarçados de matrafonas (homens vestidos de mulheres).

Depois dos corsos, a animação continua ao som de dj nos bares e em palcos ao ar livre.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)