Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Cascais começa guerra política por Carcavelos

Autarca de Cascais acusa Bloco de Esquerda de ter influenciado a interdição da praia.
Cláudia Machado 2 de Setembro de 2017 às 10:36
Chegaram à praia descargas de água suja de ribeiras
Bandeira vermelha foi hasteada em Carcavelos
Chegaram à praia descargas de água suja de ribeiras
Bandeira vermelha foi hasteada em Carcavelos
Chegaram à praia descargas de água suja de ribeiras
Bandeira vermelha foi hasteada em Carcavelos
A interdição de banhos na praia de Carcavelos, em Cascais, foi esta sexta-feira levantada depois das análises às águas terem confirmado "a excelente qualidade das mesmas", anunciou o presidente da autarquia, Carlos Carreiras, num comunicado onde faz duras críticas à atuação do delegado regional de saúde de Lisboa e Vale do Tejo. O autarca defende que houve "tentativas de aproveitamento político" no caso.

"No fim do dia, percebemos todos que foi um militante do Bloco de Esquerda (BE) a interditar Carcavelos", afirmou Carlos Carreiras, referindo-se ao delegado de saúde regional, Mário Durval, que é candidato à Câmara do Barreiro pelo BE nas eleições de 1 de outubro. O autarca de Cascais disse ainda que pediu ao Ministro da Saúde que partilhe "os fundamentos da decisão do delegado regional de saúde" e destacou que a interdição "acarretou de forma negligente elevados custos para a economia local".

Ao CM, Mário Durval classificou as afirmações de Carlos Carreiras de "deselegantes e infundadas". "Não tem pés nem cabeça essa questão da militância num partido, é uma ‘politiquice’ de um presidente da câmara que não deve ter visto as fotografias do estado em que estavam as águas ou da ratazana morta", afirmou o delegado de saúde regional de Lisboa e Vale do Tejo. A decisão de interditar a praia, onde os banhos estiveram proibidos na quinta-feira, foi baseada "no princípio da Saúde Pública, que é o princípio da prevenção", explicou Mário Durval.

"Quando há derramamento de águas contaminadas, o princípio é o de defender as pessoas e não a economia ou a câmara", concluiu. À praia chegaram descargas de água suja de ribeiras da zona, provocadas pelas chuvadas do início da semana.
Ver comentários