Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Catedral de Braga vai ter uma Capela de Santiago

Direção Regional de Cultura anunciou obras na Sé no valor de 400 mil euros.
Secundino Cunha 19 de Junho de 2016 às 10:16
Santiago vai ter uma capela na Sé de Braga, onde os peregrinos encontrarão informações para a realização do caminho
Santiago vai ter uma capela na Sé de Braga, onde os peregrinos encontrarão informações para a realização do caminho FOTO: Nuno Fernandes Veiga
A Sé de Braga vai contar, a partir do final deste ano, com uma capela dedicada ao apóstolo Santiago. A nova capela faz parte do plano de reordenamento da catedral bracarense, que contempla obras num valor aproximado de 400 mil euros.

"Junto à Capela de S. Geraldo, no espaço contíguo à Capela do Loreto, será criada a Capela de Santiago", disse o deão do Cabido, cónego José Paulo Abreu, sublinhando que a nova capela funcionará como um apoio aos peregrinos.

"Será uma estrutura dedicada ao peregrino de Santiago de Compostela, com quem estamos historicamente ligados, e onde, além de rezar, o caminhante poderá encontrar toda a informação necessária para realizar o seu caminho" explicou o deão.

Além da nova Capela de Santiago, a Catedral de Braga vai também passar a contar com uma capela batismal, uma vez que a pia será colocada debaixo de uma das torres do templo, sendo criado um espaço semelhante ao que existe do lado oposto e onde se encontra o túmulo do Infante D. Afonso, filho de D. João I. Os novos investimentos na mais antiga catedral portuguesa, que foi erguida em finais do século IV, inscrevem- -se no programa da Rota das Catedrais e marcam, segundo o diretor regional de Cultura do Norte, António Ponte, "um marco importante neste projeto". "Ao fim de dois anos e meio, verificamos que comungam cada vez melhor a cultura e o culto", afirmou António Ponte. Também o arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, considera que "com este projeto já se passou da esfera do sonho para a realidade".