Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Cavalos-marinhos proíbem navegação na ria Formosa

Capitanias de Olhão e Faro determinam a suspensão temporária da circulação de todos os barcos em duas zonas na ria Formosa.
José Carlos Eusébio 6 de Março de 2020 às 08:50
Espécie tem vindo a diminuir e está em vias de extinção devido à ação humana e diminuição de plantas marinhas
Espécie tem vindo a diminuir e está em vias de extinção devido à ação humana e diminuição de plantas marinhas FOTO: Direitos Reservados
Foram criadas duas áreas de refúgio para cavalos-marinhos na ria Formosa. As capitanias de Olhão e Faro, através de editais, determinaram para estas zonas a "suspensão temporária da circulação de todas as embarcações".

A medida, que entrou em vigor na passada terça-feira, é aplicada numa área a nascente do núcleo da Culatra, no concelho de Olhão, e na zona de Geada, a norte da Cabeça do Morgado, a meio caminho entre o cais comercial de Faro e a saída da barra Faro-Olhão.

Conforme é referido nos editais, "a ria Formosa tem a maior comunidade de cavalos-marinhos do Mundo", mas, com o decorrer dos anos, verificou-se que "a população desta espécie protegida tem vindo a diminuir, encontrando-se em vias de extinção, devido, fundamentalmente, à ação humana e à diminuição de plantas marinhas no fundo da ria".

De acordo com o Instituto para a Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), "os estudos atuais revelam um decréscimo de 90% na última década, o que torna as populações de cavalos-marinhos particularmente vulneráveis a fatores de pressão, podendo inclusive levar à sua extinção local".

Na origem desta situação estarão, sobretudo, "fatores como apanha ilegal de cavalos-marinhos para o mercado asiático [são muito usados na medicina tradicional chinesa], pesca acidental e perturbação do habitat", conforme admite o ICNF.

Quem desrespeitar a suspensão de circulação de embarcação que foi determinada para estes dois refúgios de cavalos-marinhos fica sujeito a aplicação de contraordenações entre os 400 e os 2500 euros, segundo apurou o CM.
Cavalos-marinhos Formosa Olhão Faro ICNF interesse humano animais política autoridades locais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)