Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Comunidade cigana aumentou 79% em Beja

Justificação pode estar no facto desta comunidade casar e constituir família cedo.
Pedro Galego 30 de Julho de 2018 às 09:20
Comunidade cigana
Comunidade cigana FOTO: Direitos Reservados
A população de etnia cigana aumentou 79% nos últimos oito anos no distrito de Beja, onde atualmente vivem 3666 ciganos e que representam 2,4 por cento do total de habitantes. Segundo a Associação dos Mediadores Ciganos de Portugal (AMEC), esta comunidade era composta por 2048 pessoas em 2010.

Os dados resultam da comparação entre o estudo de caracterização da população cigana realizado em 2010 pelo Centro Distrital de Segurança Social e o mapeamento feito este mês pela AMEC. Prudêncio Canhoto, presidente da associação, disse que o aumento da população cigana no distrito de Beja pode explicar-se com o crescimento da natalidade. "Os ciganos casam-se, constituem família e têm filhos cedo", disse, admitindo porém que os dados do estudo de 2010 estivessem "abaixo" dos números reais, ao contrário do mapeamento feito este mês - que recolheu dados "família por família".

Atualmente, a população cigana no distrito de Beja é constituída por 2065 crianças e jovens, que são a maioria, e 1601 adultos, distribuídos por 767 famílias. Por concelho, Beja ocupa o primeiro lugar, com 1399 habitantes de etnia cigana. Seguem-se os concelhos de Moura, com 983, e de Serpa, com 469 indivíduos.

De acordo com a AMEC, o mapeamento incluiu o recenseamento quantitativo e o registo fotográfico habitacional para comprovar as condições de vida da comunidade cigana. Brevemente, a AMEC irá divulgar, através de uma exposição, registos fotográficos do parque habitacional da comunidade cigana no distrito de Beja e "de acordo com o trabalho realizado no terreno".
Ver comentários