Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

EMEL aumenta 10 mil lugares no próximo ano em Lisboa

Orçamento da empresa vai crescer 18 milhões de euros em 2020.
Bernardo Esteves 17 de Outubro de 2019 às 08:19
No próximo ano a cidade de Lisboa vai contar com mais 10 mil lugares de estacionamento
No próximo ano a cidade de Lisboa vai contar com mais 10 mil lugares de estacionamento FOTO: Pedro Catarino
A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) vai ter mais 10 mil lugares de estacionamento em 2020, revelou a Câmara de Lisboa. Segundo a proposta de orçamento da autarquia ontem apresentada, a EMEL vai ter em 2020 um orçamento de 66 milhões de euros, num aumento de 18 milhões (37,5%) face a 2019.

Este aumento resulta de uma transferência de 18 milhões efetuada pelo município, destinado na quase totalidade à construção de ciclovias. Entre as ciclovias a construir estão a da avenida Gago Coutinho e a que liga a Estação de Benfica a Sete Rios.

Segundo a proposta de orçamento, a Carris vai transportar 148 milhões de passageiros em 2020, num aumento de 12 milhões face a 2019 - mais um milhão de passageiros por mês. A empresa vai ganhar 95 autocarros e o orçamento sobe 31 milhões, graças a uma transferência da autarquia. Em termos globais, a Câmara Municipal de Lisboa prevê um orçamento consolidado de 1,52 mil milhões de euros em 2020, num aumento de 4,7% face a 2019.

Sem as empresas municipais, o município espera receitas de 948,2 milhões, menos 194,3 milhões do que o previsto para 2019, ano excecional devido à venda dos terrenos de Entrecampos. A despesa esperada é de 948,1 milhões de euros, mas há ainda 350 milhões de reserva de contingência. A câmara anunciou que vai cobrar seis vezes mais de IMI por prédios devolutos no centro.

A autarquia discute esta quinta-feira em reunião privada do executivo, uma proposta de Fernando Medina para que o ex-vereador Manuel Salgado seja reeleito presidente da Sociedade de Reabilitação Urbana.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)