Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Empresa quer produzir peixe ao largo de Olhão

Pedido de concessão de seis lotes, por um período de 25 anos, está em consulta pública.
José Carlos Eusébio 16 de Abril de 2017 às 09:20
Seis lotes integram a Área-Piloto de Produção Aquícola da Armona e estão atualmente sem utilização
Seis lotes integram a Área-Piloto de Produção Aquícola da Armona e estão atualmente sem utilização FOTO: Pedro Noel da Luz
Uma nova empresa quer instalar-se na Área-Piloto de Produção Aquícola da Armona (concelho de Olhão), ocupando seis lotes que se encontram atualmente sem utilização, apurou o CM. O processo entrou em fase de consulta pública na sexta-feira.

A empresa Rota Grega pretende avançar com a produção intensiva de dourada e robalo, sendo usados mexilhões como filtro biológico. Segundo um edital da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, está em causa um contrato de concessão por um período de 25 anos, com a possibilidade de prorrogação até 50 anos.
O pedido encontra-se em fase de consulta pública até 8 de maio. Durante esse período, podem surgir outros interessados na utilização dos lotes ou serem apresentadas objeções.

A Área-Piloto de Produção Aquícola da Armona foi criada em 2008. Seis anos depois, os 60 lotes inicialmente existentes foram reduzidos para 55, após o Instituto Português do Mar e da Atmosfera ter realizado uma avaliação do seu impacto no ecossistema, nomeadamente em termos de contaminação ambiental.

No final do ano passado, estavam em exploração 19 lotes para a produção de bivalves, nomeadamente mexilhão e ostra, e 10 lotes adstritos a uma armação de atum. Para a investigação científica estavam atribuídos 15 lotes ao Instituto Português do Mar e da Atmosfera e encontravam-se 11 lotes ainda sem utilização.

A dimensão da área aquícola tem motivado queixas dos pescadores, que alegam ter visto reduzido o espaço disponível para exercer a sua atividade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)