Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Encerram escola básica no Porto por falta de funcionários

Duas pessoas entregaram as baixas médicas durante esta semana, o que motivou o fecho.
Ana Isabel Fonseca 29 de Novembro de 2019 às 08:24
Escola Básica Costa Cabral, no Porto
Alexandra Reis, presidente da Associação de Pais
Luís Alves, pai de dois alunos que frequentam o estabelecimento de ensino
Escola Básica Costa Cabral, no Porto
Alexandra Reis, presidente da Associação de Pais
Luís Alves, pai de dois alunos que frequentam o estabelecimento de ensino
Escola Básica Costa Cabral, no Porto
Alexandra Reis, presidente da Associação de Pais
Luís Alves, pai de dois alunos que frequentam o estabelecimento de ensino
A Escola Básica (EB) de Costa Cabral, na cidade do Porto, encerrou esta quinta-feira devido à falta de funcionários. Nem o Pré-Escolar, nem o 1º Ciclo estiveram em funcionamento. A decisão foi tomada pelo agrupamento de escolas, depois da coordenadora do estabelecimento de ensino ter sido também ouvida.

"Foram entregues esta semana duas baixas médicas. O 1º ciclo está com três funcionários, quando devia ter cinco. O Pré-Escolar também só tem cinco. A Associação de Pais considera que não existem condições, as crianças não podem estar aqui sem a supervisão devida no recinto. O número de funcionários neste momento é claramente insuficiente", disse ao CM Alexandra Reis, presidente da Associação de Pais. 


O número de funcionários foi sempre considerado insuficiente, opinião que vai contra o entendimento do Ministério da Educação. Há relatos de situações de insegurança. "As crianças estão no recreio sem terem nenhum funcionário próximo que possa ajudar. Aconteceu comigo e com outros pais. Falo de situações em que as crianças se magoaram, a minha filha chegou a magoar-se gravemente no recreio e teve de ir ter com uma funcionária ao interior da escola", explicou Luís Alves, pai de dois alunos.

A situação está a preocupar os encarregados de educação. "É uma situação que nos preocupa, existem muitas falhas, mesmo quando estão todos os funcionários. Isto causa constrangimentos, mas, neste momento, não há segurança", acrescentou Anabela Cordeiro, mãe de uma aluna da Costa Cabral.

O Pré-Escolar, cujos funcionários são colocados pela câmara, deverá ser reaberto esta sexta-feira. Não há previsão de quando é que as aulas serão retomadas no 1º ciclo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)