Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Envenenamento de cães gera revolta em Vila Real

Cinco animais mortos só desde quinta-feira. Pedaços de carne espalhados pela localidade cimentaram suspeitas.
Patrícia Moura Pinto 26 de Fevereiro de 2019 às 08:46
A carregar o vídeo ...
Cinco animais mortos só desde quinta-feira. Pedaços de carne espalhados pela localidade cimentaram suspeitas.
As mortes de cinco cães, só desde a passada quinta- -feira, na localidade de Fontelo, em Vila Real, está a causar uma onda de indignação.

A suspeita é que todos os animais tenham sido vítimas de envenenamento, até pelos registos fotográficos de vários pedaços de carne espalhados pela aldeia, até mesmo em terrenos que são particulares.

A população, alarmada e preocupada, e até por se tratar de uma situação de saúde e crime públicos, contactou o Centro de Recolha e Proteção Animal do Vale Douro e Norte – CRPAVDN, que, na sexta-feira, pelas 12h00, recolheu no local os corpos de três animais e no sábado acabou por levar os cadáveres de mais dois cães.

Contactada pelo CM, a GNR de Vila Real afirma que "estão a ser feitas diligências no sentido de apurar a existência ou não de atividade criminosa".

O Correio da Manhã sabe que os animais recolhidos se encontram ainda naquele centro e questionou os responsáveis pela infraestrutura (Associação de Municípios do Vale do Douro – Norte) sobre se serão, ou não, realizadas análises para perceber o que levou à morte dos animais e, caso seja necessário, transmitir o caso às autoridades competentes, mas não obteve resposta até porque o veterinário municipal que exercia funções nas instalações se reformou na semana passada.

Filipe Brigas, presidente da Junta de Abaças, diz que teve conhecimento "pelo Facebook", mas foi informado "de que o centro de recolha estaria a tomar conta da situação".

"Quem anda a fazer isto tem de pagar pelos seus atos", referiu um dos moradores, criticando ainda a inércia das entidades responsáveis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)