Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Greve dos enfermeiros limita serviços de saúde em Faro

Enfermeiros algarvios exigem o descongelamento da progressão de carreiras.
Tiago Griff 25 de Janeiro de 2020 às 10:17
Protesto juntou mais de 70 enfermeiros em frente ao Hospital de Faro e à sede da Administração Regional de Saúde
Protesto juntou mais de 70 enfermeiros em frente ao Hospital de Faro e à sede da Administração Regional de Saúde FOTO: Nuno Alfarrobinha
Mais de 70 enfermeiros juntaram-se esta sexta-feira em frente ao Hospital de Faro e depois seguiram para a sede da Administração Regional de Saúde do Algarve para se manifestarem contra as atuais condições de trabalho e exigir que lhes seja reposta a progressão de carreiras, congeladas há vários anos. Ao mesmo tempo, durante as 24 horas desta sexta-feira, houve uma greve na região que afetou os hospitais e centros de saúde, sendo que chegou mesmo a haver cirurgias canceladas, segundo o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, que promoveu a paralisação e os protestos.

"A adesão dos enfermeiros à greve, nos hospitais de Faro e Portimão, superou os 70%, houve serviços com uma adesão de 100% no Hospital de Faro, como as cirurgias, ortopedia, neonatologia e gastroenterologia, e também houve sérias limitações em várias unidades de saúde primárias e serviços de urgência básica da região", assumiu ao CM Nuno Manjua, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

Enquanto decorria a greve, que durou 24 horas, mais de 70 enfermeiros da região juntaram-se para dar voz às reivindicações, sendo que a principal é o descongelamento da progressão de carreiras, que afeta centenas de profissionais.

"Os enfermeiros estão a ser roubados. Em setembro do ano passado desconvocámos, com boa fé no processo negocial, dois dias de greve, porque tivemos a promessa que iriam resolver o descongelamento das nossas carreiras até ao final do ano. Agora, que as eleições passaram, nada mudou", lamenta ainda o sindicalista, pedindo uma resolução rápida do problema ao Ministério da Saúde.

Caso tal não aconteça, os enfermeiros vão avançar para mais greves num futuro próximo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)