Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Hospitais lotados suspendem cirurgias no Algarve

Suspensão da atividade cirúrgica não urgente dura até terça-feira, em Faro e Portimão.
Tiago Griff 17 de Maio de 2019 às 08:34
Hospital de Faro suspendeu toda a atividade cirúrgica não urgente devido ao excesso de doentes na unidade de saúde
Médico
Médicos
Hospital de Faro suspendeu toda a atividade cirúrgica não urgente devido ao excesso de doentes na unidade de saúde
Médico
Médicos
Hospital de Faro suspendeu toda a atividade cirúrgica não urgente devido ao excesso de doentes na unidade de saúde
Médico
Médicos
O Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA) suspendeu todas as cirurgias não urgentes de doentes internados nos hospitais de Faro e Portimão devido à ocupação elevada das duas unidades hospitalares.

O CM sabe que a decisão do conselho de administração do CHUA foi tomada durante uma reunião, realizada na passada quarta-feira, e começou a ter efeito a partir desta quinta-feira, às 16h00.

A suspensão da atividade cirúrgica está prevista durar até à próxima terça-feira.

Segundo um documento interno a que o CM teve acesso, a administração hospitalar assume que existe uma "situação de ocupação elevada das unidades hospitalares de Faro e de Portimão" e que foi decidido "suspender a realização de cirurgias eletivas em regime de internamento".

Questionada pelo CM, a administração do CHUA explica que a medida "está prevista no Plano de Contingência para Situações de Ocupação Elevada" e garante que "todos os utentes com indicação cirúrgica urgente serão operados", assim como os utentes "já internados e com agendamento cirúrgico". Já as intervenções eletivas objeto da suspensão "serão remarcadas com brevidade, sem prejuízo clínico para o utente".

No entender do deputado algarvio Cristóvão Norte, que foi alertado para a falta de capacidade interna dos hospitais algarvios para a realização de cirurgias não urgentes devido à ocupação elevada, esta "é mais uma das situações que acontecem por força da insuficiência dos serviços do CHUA e que põem em causa o atendimento condigno e o mais elementar direito à saúde dos cidadãos".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)