Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Investidos 1,6 milhões em obras de dragagem em Portimão

Providência cautelar atrasou obra na ria de Alvor, que agora deve começar até ao final do ano ou início de 2019.
José Carlos Eusébio 12 de Novembro de 2018 às 08:47
Ria de Alvor
Ria de Alvor
Ria de Alvor
Ria de Alvor
Ria de Alvor
Ria de Alvor
A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) vai finalmente avançar com obras de dragagem na ria de Alvor, no concelho de Portimão, reclamadas há muito tempo pela comunidade piscatória local. A areia retirada da ria será usada para reforçar a parte nascente da praia de Alvor. O valor do investimento atinge quase 1,6 milhões de euros.

Segundo apurou o CM junto da APA, a dragagem começará "até ao final deste ano ou início do próximo". O arranque dos trabalhos sofreu algum atrasado devido a uma providência cautelar apresentada por uma das empresas concorrentes, mas a situação está resolvida.

Os pescadores de Alvor pedem há quase uma década que sejam feito o desassoreamento da ria, alegando que as embarcações de maior dimensão já não conseguem navegar na zona quando a maré está vazia.

A areia retirada da ria servirá para a alimentação artificial da praia de Alvor Nascente, ao longo de uma frente de mar de 1000 metros. Ao que apurou o CM, esta operação de enchimento permitirá o alargamento da zona das dunas em 10 metros, enquanto o areal da praia irá crescer cerca de 25 metros. O objetivo é reduzir os riscos de erosão e aumentar a capacidade de utilização balnear da praia.

Ainda no concelho de Portimão, está também previsto o enchimento da praia do Vau com areias provenientes da praia da Rocha. Esta obra consta do Plano de Ação Litoral XXI, elaborado pelo Ministério do Ambiente, estando previsto o investimento de 1 milhão de euros.

A APA revela, no entanto, que ainda não está definida uma data para o início desta intervenção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)