Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Maio volta a ser um mês de recordes na hotelaria

Taxa de ocupação, este ano, situou-se nos 73%, mais 4,4% do que em maio de 2016.
João Mira Godinho 6 de Junho de 2017 às 09:06
Época alta está praticamente esgotada e já há procura de quartos para os meses de setembro e outubro
Época alta está praticamente esgotada e já há procura de quartos para os meses de setembro e outubro FOTO: Pedro Noel da Luz
Passou mais um mês e os hotéis algarvios voltaram a apresentar uma ocupação recorde neste século. Em maio, a taxa de ocupação global média/quarto situou-se nos 73%, mais 4,4% em relação ao mesmo mês de 2016, revelou ontem a Associação de Hotéis e Empreendimento Turísticos do Algarve (AHETA). Desde que há registos (1996), melhor em maio, só em três anos do século XX: em 2000, com 74,9%, 1999, com 80,8%, e 1997, com 73,2%.

De acordo com a AHETA, a maior associação hoteleira algarvia, "os mercados que mais contribuíram para a subida verificada foram o britânico (+12,9%), o irlandês (+15,5%) e o francês (+7,2%). Já em relação às zonas da região com mais procura, destacaram-se Tavira (+15,1%), Monte Gordo e Vila Real de Santo António (+5,5%) e Vilamoura, Quarteira e Quinta do Lago (+5,2%). "Albufeira, a principal zona turística do Algarve, registou uma subida de 3,1%", avança ainda a AHETA.

À semelhança da ocupação, também o volume de vendas registou um aumento (de 14%), em maio, comparando com o mesmo mês de 2016. O valor que se traduz num aumento real das receitas por parte dos empresários da hotelaria.
Desde o início de 2017 que os hotéis algarvios têm registado taxas de ocupação recorde no século XXI. Reflexo disso mesmo, em termos acumulados, e mais uma vez, em comparação com o ano anterior, a hotelaria está a registar um aumento da taxa de ocupação de 5,7%.

Com o período de época alta (julho e agosto) praticamente esgotados, os hotéis estão já a registar um aumento de procura para meses como setembro e outubro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)