Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Mais de 120 metros de bolo-rei distribuídos à população de Olhão

Pastelaria Kubidoce voltou a promover iniciativa que juntou centenas de pessoas.
Tiago Griff 17 de Dezembro de 2017 às 08:49
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Bolo-rei de 120 metros em Olhão
Centenas de pessoas juntaram-se este sábado de manhã na praça da Restauração, em Olhão, para cumprir a já tradição do bolo-rei gigante da pastelaria Kubidoce. Os mais de 120 metros de bolo, distribuídos gratuitamente, contaram este ano com uma nova variedade: banana com chocolate e avelãs.

"Um amigo meu desafiou-me, porque ainda não tinha feito bolos-reis com banana. Fiz, juntámos ainda chocolate e avelãs, ficou muito bom e decidimos apresentá-lo nesta iniciativa", contou ao CM Filipe Martins, o proprietário da pastelaria que promove a atividade, adiantando ainda que esta variedade de bolo-rei "é também uma homenagem à ilha da Madeira".

Na confeção foram gastos mais de 700 ovos, 160 quilos de farinha, 40 de açúcar, 60 de chocolate branco, 60 de chocolate negro, 350 quilos de frutas cristalizadas, entre muitos mais ingredientes, e o resultado mereceu a aprovação geral.

"Mesmo se estivesse coxa, vinha de gatas comer este bolo-rei. Venho cá todos os anos. Adoro", disse ao CM Domingas Silva. Opinião partilhada por Celeste Cabaço, para quem o bolo-rei "é tenrinho e de boa qualidade. Gosto muito do de chocolate". A iniciativa tornou-se tradição no Natal que, para Filipe Martins, ultrapassa a pastelaria: "É um evento da cidade. As pessoas gostam e nós temos todo o gosto em mostrar o que se faz bem em Olhão".

Ontem, mais uma vez, centenas de fatias de bolo-rei foram distribuídas à população, numa iniciativa a manter. "Queremos continuar com este evento, que até estamos a pensar em aumentar. Vamos ver e decidir o que faremos para o ano", promete o pasteleiro.
Ver comentários