Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Máquinas de lavar são casas de luxo para gatos

Abrigos improvisados são o spot ideal para os felinos de rua e até têm esplanada.
Rui Pando Gomes 23 de Outubro de 2018 às 09:31
Ana Silva implementou projeto que reutiliza máquinas de lavar e secar roupa avariadas para criar abrigos a gatos de rua
Abrigos para os felinos estão colocados num bairro residencial e junto ao miradouro da vila e da escola do Ensino Básico
Gatos em máquinas de lavar
Ana Silva implementou projeto que reutiliza máquinas de lavar e secar roupa avariadas para criar abrigos a gatos de rua
Abrigos para os felinos estão colocados num bairro residencial e junto ao miradouro da vila e da escola do Ensino Básico
Gatos em máquinas de lavar
Ana Silva implementou projeto que reutiliza máquinas de lavar e secar roupa avariadas para criar abrigos a gatos de rua
Abrigos para os felinos estão colocados num bairro residencial e junto ao miradouro da vila e da escola do Ensino Básico
Gatos em máquinas de lavar
Porque razão os gatos de Monchique precisam de máquinas de lavar ou secar roupa? E ainda por cima avariadas? As respostas para estas perguntas só podem ser dadas pela veterinária municipal Ana Silva, que criou o projeto Aqui Há Gato, que começou a ser implementado na vila serrana e poderá vir a ser alargado ao resto do concelho.

Segundo explicou ao CM Ana Silva, as máquinas de lavar são uma espécie de mansão para os gatos de rua. "Quem tem gatos sabe que as máquinas de lavar em casa são o spot preferido para eles dormirem. E estas, que não têm nada em cima e estão na rua, até têm esplanada para eles apanharem sol", explicou, com humor, a veterinária municipal, que só na última semana já esterilizou cerca de 50 gatos.

A juntar aos luxos, estes equipamentos são "muito confortáveis", porque a nível térmico "podem proteger os animais do frio, no inverno, e do sol no verão".

Mas como é que alguém se lembra de uma máquina de lavar roupa avariada para servir de abrigo para gatos? "Tinha duas gatinhas na clínica e como a minha máquina de lavar se tinha avariado elas foram lá para dentro. Depois arranjei umas mantinhas e elas nunca mais saíram de lá", recordou a veterinária Ana Silva.

A ideia simples mas original começou a ganhar forma com a reutilização de máquinas avariadas que depois foram pintadas por um graffiter e alunos de uma escola, curiosamente onde também foi colocado um abrigo para albergar um gato "que é agora tratado pelas crianças".

Para que o projeto possa evoluir, todas as máquinas de lavar e secar roupa avariadas são "bem vindas" a Monchique.
Ana Silva Monchique Aqui Há Gato interesse humano animais questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)