Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Mosteiro de Santa Clara vai ser hotel de luxo em Vila do Conde

Grupo empresarial com sede nos Açores ganhou concurso. Nova unidade hoteleira deve abrir nos primeiros meses de 2021.
Rogério Chambel 17 de Dezembro de 2018 às 09:26
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Mosteiro de Santa Clara
Realiza-se esta terça-feira a cerimónia de assinatura do contrato de concessão do Mosteiro de Santa Clara em Vila do Conde ao abrigo do Programa Revive.

Sem ocupação há mais de uma década, o Mosteiro de Santa Clara vai albergar uma nova unidade hoteleira de cinco estrelas. O espaço secular será alvo de uma profunda remodelação e concessionado durante os próximos 50 anos ao grupo empresarial Slicedays, que tem sede nos Açores. Deverá abrir portas como "hotel de cinco estrelas premium" nos primeiros meses de 2021.

A nova unidade hoteleira terá 90 quartos e deverá criar 50 postos de trabalho.

"Tudo se conjuga para que, finalmente, este ex-líbris de Vila do Conde seja objeto de uma profunda requalificação e venha a ter uma utilização que preserve o edifício e lhe devolva a indispensável revitalização", diz a autarquia, em comunicado.

No âmbito da proposta vencedora, uma ala do edifício continuará acessível ao público, num espaço em que será instalado um Centro Interpretativo, com o objetivo de preservar a memória do Mosteiro através da realização de exposições, palestras ou outras iniciativas.

O Revive é um programa conjunto dos Ministérios da Economia, Finanças e Cultura, que pretende valorizar e recuperar o património sem uso, reforçando a atratividade dos destinos regionais e o desenvolvimento de várias regiões do País.

Situado junto ao rio Ave, o antigo mosteiro de Santa Clara, que agora celebra 700 anos, é património nacional desde 1910. Foi construído em 1318, num espaço exclusivamente feminino.

Está na posse do Estado desde 1893, mas ‘parado’ há uma década.
Ver comentários