Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Re-food espera ajudar famílias antes do Natal

Movimento aproveita comida que sobra nos restaurantes.
Liliana Rodrigues 18 de Abril de 2016 às 12:02
Equipa da Re-food quer fazer chegar refeições que sobram dos restaurantes às pessoas carenciadas de Guimarães
Equipa da Re-food quer fazer chegar refeições que sobram dos restaurantes às pessoas carenciadas de Guimarães FOTO: DR
"A comida é um bem precioso e não se pode deitar fora." O lema é sublinhado num português com sotaque por Hunter Halden, um americano a viver em Lisboa e que, durante o ano de 2011, começou com a sua bicicleta a ir buscar comida que sobrava aos restaurantes para entregar a quem passava fome. Cinco anos depois, o conceito passou a comunidade e encontra-se já instalado em 30 cidades portuguesas. Chegou agora a Guimarães.

"Há muito trabalho para fazer contra o desperdício e parte de cada um de nós, logo no supermercado, onde só devemos comprar o que vamos usar, o que é bom para a nossa economia pessoal", disse o fundador do movimento Re-food, que em Guimarães entusiasmou uma plateia de todas as idades, com a certeza de que alguns poderão tornar-se voluntários.

"Nesta apresentação, precisamos de angariar, para já, 35 voluntários para sete áreas específicas", referiu Filipa Pereira, de 27 anos e que é uma das responsáveis pela implementação do projeto na Cidade Berço e que visa estar no terreno antes do Natal. "Sabemos que é um processo bastante demorado, mas esperamos que, dentro de seis meses, nove no máximo, estejamos a distribuir comida que era encarada como desperdício, mas que pode ser muito importante para muitas famílias", exemplificou ainda Filipa Pereira, convencida de que a ajuda poderá chegar a "muitas e muitas dezenas de pessoas, sobretudo as que não estão sinalizadas por outras instituições, mas que num determinado momento estejam a precisar".

Em Guimarães, a estrutura precisa de muitos apoios de base. "Ainda não temos uma casa, depois é preciso equipar o espaço com arcas frigoríficas e com tupperwares para fazer a entrega da comida, mas está a correr bem e sentimos que vamos conseguir", rematou.
Hunter Halden Lisboa Guimarães Filipa Pereira Re-food alimentação comida
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)