Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Nova ponte no rio Lis tem dez metros de largura

A nova ponte da Cabreira vai ser construída no lugar da atual e terá passeios para peões.
Isabel Jordão 27 de Agosto de 2017 às 09:08
Tabuleiro atual é muito estreito e obriga à circulação do trânsito de forma alternada
Desenho da nova ponte da Cabreira, que terá 30 metros de extensão e um tabuleiro com 10 metros de largura, além de passeios para peões
Tabuleiro atual é muito estreito e obriga à circulação do trânsito de forma alternada
Desenho da nova ponte da Cabreira, que terá 30 metros de extensão e um tabuleiro com 10 metros de largura, além de passeios para peões
Tabuleiro atual é muito estreito e obriga à circulação do trânsito de forma alternada
Desenho da nova ponte da Cabreira, que terá 30 metros de extensão e um tabuleiro com 10 metros de largura, além de passeios para peões
A ponte da Cabreira, no Vale do Lis, em Leiria, vai ser demolida e no seu lugar será construída uma nova com 30 metros de extensão e um tabuleiro de dez metros de largura, permitindo os dois sentidos de trânsito em simultâneo, e passeios para peões.

As obras estão prestes a começar - no local já são visíveis marcações no alcatrão - e deverão ficar concluídas em março de 2018, representando um investimento de 282 mil euros.

Segundo informação da Câmara Municipal de Leiria, "esta intervenção tem como objetivo a travessia do rio Lis numa ponte onde até agora não era possível circular nos dois sentidos em simultâneo".

A ponte situa-se na união das freguesias da Barosa e Marrazes e é muito procurada pelos automobilistas, sobretudo para quem circula da Marinha Grande para Leiria e quer evitar os acessos mais movimentados à cidade. É também um ponto de passagem importante para os proprietários de terrenos no Vale do Lis, que há muito tempo reclamavam o seu alargamento, como tem vindo a acontecer noutras pontes que servem as estradas rurais. Atualmente, e dada a largura reduzida da ponte, apenas passa um carro de cada vez, pelo que é comum haver filas com vários carros de ambos os lados. Acresce a essa dificuldade o facto de ficar numa subida em curva, com visibilidade reduzida.

No decorrer da empreitada, o trânsito será desviado pela Estrada da Estação ou pela Estrada da Barosa (antiga EN242), apenas sendo garantido o acesso "em condições de segurança" aos residentes, aos veículos de emergência e aos proprietários de terrenos no Vale do Lis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)