Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Novo resgate no Gerês sai caro aos bombeiros

Operação de busca e resgate mobilizou 30 elementos e 8 viaturas. Corporação paga “custo elevado” e não recebe qualquer pagamento.
Liliana Rodrigues e Tânia Rei 28 de Maio de 2018 às 07:56
Fotografia com os meios de socorro e populares envolvidos no resgate
Comandante Hernâni Carvalho
Fotografia com os meios de socorro e populares envolvidos no resgate
Comandante Hernâni Carvalho
Fotografia com os meios de socorro e populares envolvidos no resgate
Comandante Hernâni Carvalho
Uma turista inglesa, de 55 anos, foi resgatada na madrugada de domingo, ao fim de seis horas de uma operação de busca e salvamento no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Os bombeiros de Salto e Montalegre foram mobilizados e, entre as 21h00 de sábado e as 03h00, cerca de 30 elementos e oito veículos estiveram na busca e no resgate, em Cabril. Uma operação de "custo elevado" para os bombeiros, confirma Hernâni Carvalho, comandante dos Bombeiros de Salto e que não traz qualquer compensação financeira às corporações, só gastos e desgaste do material.

"Mesmo que a vítima tivesse de ser transportada ao hospital, o que felizmente não foi necessário, os bombeiros só receberiam o pagamento pelo transporte. Tudo o resto é por conta da corporação", sublinha o comandante, orgulhoso de ter localizado a vítima em tempo recorde e de uma ação que contou com a ajuda de populares, mas que defende uma penalização para os protagonistas destas recorrentes situações.

"É um ato de irresponsabilidade uma mulher de 55 anos fazer uma incursão sozinha em serra alta. Felizmente tinha ainda bateria no telemóvel, para pedir ajuda ao 112. Mas, depois, ficou sem bateria", frisa. "Se a pessoa for resgatada de uma zona de proteção total do Parque, a lei prevê uma multa. Mas nunca é aplicada, não se percebe muito bem porquê, até porque serviria de exemplo", diz.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)