Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Passadiço liga Salgados à praia de Armação

Projeto desenvolvido pela Câmara de Silves pode começar a ser feito no próximo ano.
Rui Pando Gomes 29 de Abril de 2019 às 08:35
Projeto prevê a construção de uma ponte em madeira, com 225 metros, que irá atravessar a ribeira de Alcantarilha
Praia de Armação de Pera vai ser alvo de reforço de areia, com o objetivo de minimizar o risco das arribas
Praia de Armação de Pera
Projeto prevê a construção de uma ponte em madeira, com 225 metros, que irá atravessar a ribeira de Alcantarilha
Praia de Armação de Pera vai ser alvo de reforço de areia, com o objetivo de minimizar o risco das arribas
Praia de Armação de Pera
Projeto prevê a construção de uma ponte em madeira, com 225 metros, que irá atravessar a ribeira de Alcantarilha
Praia de Armação de Pera vai ser alvo de reforço de areia, com o objetivo de minimizar o risco das arribas
Praia de Armação de Pera
Um passadiço em madeira com cerca de dois quilómetros vai ligar a praia dos Salgados, no concelho de Albufeira, à praia de Armação de Pera, em Silves.

O projeto está a ser desenvolvido pela Câmara de Silves e vai definir o novo traçado da ecovia do litoral que passa pelo concelho.

Segundo o CM apurou, o percurso terá dois troços que irão ficar unidos. O troço rural será feito através de uma estrutura em madeira e começa no passadiço já existente junto à Lagoa dos Salgados, no concelho de Albufeira.

O projeto prevê a construção de uma ponte em madeira, com cerca de 225 metros, que irá atravessar a ribeira de Alcantarilha. O percurso, que poderá ser feito a pé ou de bicicleta, segue depois para o troço urbano pela zona pedonal da vila, pela frente de mar até ao barranco do Vale do Olival, ligando ao concelho de Lagoa.

O projeto, sabe o CM, já foi contratualizado pela Câmara de Silves, que estima um investimento total de cerca de 800 mil euros. Cerca de 200 mil euros serão financiados pela Comissão Europeia e 166 mil pelo Turismo de Portugal. O restante valor será assumido pelo orçamento da autarquia.

Depois da elaboração do projeto, será lançado o concurso público para a execução da empreitada, podendo a obra começar no início do próximo ano.

O estudo prévio está feito e CM sabe que já ocorreram várias reuniões técnicas entre elementos da Câmara de Silves, da Administração Regional Hidrográfica e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional, que deu parecer favorável ao projeto.

Falta apenas o parecer da Agência Portuguesa do Ambiente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)