Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Património histórico em risco no Porto preocupa UNESCO

Torre panorâmica de 21 metros criticada por parecer “desproporcionada”.
Manuel Jorge Bento e Lusa 6 de Setembro de 2019 às 09:31
Projeto de Souto de Moura prevê a construção de uma torre com 21 metros de altura na ala sul da estação de S. Bento
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
Projeto de Souto de Moura prevê a construção de uma torre com 21 metros de altura na ala sul da estação de S. Bento
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
Projeto de Souto de Moura prevê a construção de uma torre com 21 metros de altura na ala sul da estação de S. Bento
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
são bento, estação, azulejos, prémio
A UNESCO tem conhecimento de "algumas preocupações relativamente à preservação do valor universal" do centro histórico do Porto, classificado como Património Mundial, indicou esta quinta-feira a comissão nacional daquele organismo.

Um dos casos é a colocação de uma torre panorâmica de 21 metros, prevista no projeto Time Out para a ala sul da estação de S. Bento - que o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS) considerou "intrusiva".

Este projeto já teve parecer favorável da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC). Após receber esse documento, caberá à Câmara do Porto analisar e licenciar a empreitada.

A UNESCO indica entretanto que "tem acompanhado esta questão com a Câmara do Porto, gestora do bem ‘Centro Histórico do Porto’ e a DGPC, ponto focal em Portugal para as questões do património mundial".

Já em meados de julho, o embaixador José Filipe Morais Cabral, presidente da Comissão Nacional da UNESCO, revelava que o ICOMOS considerava que "a estrutura a construir parece desproporcionada em relação ao espaço disponível, considerando que uma redução no tamanho da plataforma panorâmica seria aconselhável".

A DGPC assegurou, já em agosto, que o valor universal excecional do património mundial do centro histórico do Porto "não está em causa".

O projeto, da autoria do arquiteto Souto de Moura, inclui uma torre, com vista privilegiada para os Clérigos, e uma área de restauração no topo. O mercado da Time Out integra ainda mais de 10 pequenos restaurantes, além de diversos bares e quiosques.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)