Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Pessoas afetadas pela construção da barragem de Daivões indeminizados com 20 mil euros em fevereiro

Compensações adicionais garantidas para o próximo mês. 52 habitações foram afetadas.
José Eduardo Cação 29 de Janeiro de 2020 às 18:13
Barragem de Daivões está incluída no Sistema Eletroprodutor do Tâmega
Obras ficam concluídas em 2023
Trabalhadores em ação
Barragem de Daivões está incluída no Sistema Eletroprodutor do Tâmega
Obras ficam concluídas em 2023
Trabalhadores em ação
Barragem de Daivões está incluída no Sistema Eletroprodutor do Tâmega
Obras ficam concluídas em 2023
Trabalhadores em ação
"É uma compensação adicional que achamos que é um valor justo, pois ninguém poderia fazer uma casa nova com 70 ou 80 mil euros". Quem o diz é João Noronha, presidente da Câmara de Ribeira de Pena ao anunciar, esta terça-feira, que as pessoas afetadas pela construção da barragem de Daivões devem receber essa indemnização extra já no próximo mês de fevereiro. No mínimo, cada família irá ter direito a "pelo menos 20 mil euros".

De visita à barragem de Daivões e subestação de Gouvães, no distrito de Vila Real, o autarca - acompanhado do primeiro-ministro, do ministro do Ambiente e do presidente da Iberdrola - vincou que as sete famílias que não tinham onde ser realojadas têm a situação resolvida. "A Iberdrola assumiu a responsabilidade do pagamento da renda e as pessoas vão ser realojadas em casas dignas", garantiu João Noronha.

São pelo menos 52 casas que vão ser afetadas com o enchimento das albufeiras de Daivões e do Alto Tâmega. Inicialmente, as famílias lesadas seriam realojadas em contentores. "Além da parte jurídica, existe algo que é o diálogo e tivemos diálogo contínuo e permanente com todos os intervenientes", destacou Ignácio Galán, presidente da elétrica espanhola.

As obras da barragem incluídas no Sistema Eletroprodutor do Tâmega deverão estar concluídas em 2023. O empreendimento criará uma produção relativa a 6 por cento do consumo energético do país.

No dia desta terça-feira o presidente da Iberdrola anunciou ainda o investimento de 200 milhões de euros em novos projetos eólicos na região do Alto Tâmega. A obra vai "fornecer energia limpa a 800 mil clientes."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)