Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Portugal exige a Espanha caudal diário para o Tejo

Ministro do Ambiente pediu uma reunião de urgência com homóloga espanhola depois de descarga em Cedillo.
João Saramago 6 de Novembro de 2019 às 09:08
Espanha deixa rio Tejo a seco e causa desastre na Beira Baixa
Espanha deixa rio Tejo a seco e causa desastre na Beira Baixa
Espanha deixa rio Tejo a seco e causa desastre na Beira Baixa
Espanha deixa rio Tejo a seco e causa desastre na Beira Baixa
Espanha deixa rio Tejo a seco e causa desastre na Beira Baixa
Espanha deixa rio Tejo a seco e causa desastre na Beira Baixa
O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, pediu ontem uma reunião urgente à sua homóloga espanhola, Teresa Ribera, depois da megadescarga, em setembro, de 14 milhões de metros cúbicos da barragem espanhola de Cedillo, decisão que deixou seco o rio Pônsul, na Beira Baixa.

"Foi uma surpresa que nos foi pregada e não faz sentido", disse João Matos Fernandes, referindo que Espanha ainda não deu a Portugal, apesar de questionada repetidamente, "uma resposta cabal". "Espanha fez o que nunca tinha feito", disse o ministro do Ambiente. E para evitar, no futuro, situações semelhantes Portugal quer negociar a definição de um caudal mínimo e regular no Tejo, a ser monitorizado na fronteira.

As metas estabelecidas pelo Governo para uma revisão da Convenção de Albufeira não reúnem, contudo, o apoio do movimento ProTEJO. Paulo Constantino, porta-voz do movimento, referiu que Portugal "reclama um caudal mínimo diário de um hectómetro cúbico". Valor que os ambientalistas consideram "pouco", pois "os restantes 87% de água a que os espanhóis estão obrigados a fazer passar serão libertados no momento mais oportuno para seus os interesses ".

"Não precisamos de pedir mais caudal a Espanha, apenas tomar em mãos o caudal anual que está acordado na Convenção de Albufeira", defende o movimento ProTEJO. O cumprimento diário do caudal já definido implica a passagem de 7,3 hm3. Entretanto, a Agência Portuguesa do Ambiente garantiu que "não existe falha de monitorização do lado português"
Portugal Beira Baixa Pônsul Espanha Cedillo Tejo João Matos Fernandes Teresa Ribera ProTEJO ambiente água
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)