Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Recuperar hospital custa cinco milhões de euros

Edifício e recheio estão ao abandono, em Vila Franca de Xira.
João Saramago 22 de Fevereiro de 2018 às 09:09
O edifício e parte do recheio do antigo Hospital Reynaldo dos Santos, em Vila Franca de Xira, está ao abandono e à mercê do vandalismo. Equipamento médico permanece no local, bem como mobiliário. Do exterior, é visível o material de cozinha.

A unidade parece ter parado no tempo desde que a 31 de maio de 2013 foi encerrada a sua atividade, devido à construção de raiz do novo hospital. A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS LVT) decidiu, então, terminar o contrato de arrendamento. O equipamento que não foi retirado foi, à data, doado à Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira, proprietária do edifício.

O provedor da Santa Casa, Carlos Caetano Dias, disse ao CM que para o edifício está projetada a instalação de uma unidade de cuidados intensivos integrados, com 140 camas. Projeto que foi aprovado pela ARS LVT, em dezembro último.

Acrescentou o provedor que "atendendo o elevado número de utentes em lista de espera, segue-se a fase de cedência aos meios de financiamento para obras no valor de cinco milhões de euros". Esclareceu, por isso, que o "hospital da misericórdia não está à venda".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)