Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Rui Moreira considera que “Instituto da Habitação é sorvedouro de má gestão”

Autarca propõe reabilitação paga a meias com o Estado, mas a CDU opõe-se.
Manuel Jorge Bento 7 de Novembro de 2019 às 08:38
Presidente da câmara do Porto, Rui Moreira
Rui Moreira
Rui Moreira
Presidente da câmara do Porto, Rui Moreira
Rui Moreira
Rui Moreira
Presidente da câmara do Porto, Rui Moreira
Rui Moreira
Rui Moreira

Rui Moreira mostra disponibilidade para a Câmara do Porto ficar com a gestão das cerca de mil casas que o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) tem na cidade, mas o autarca considera que aquele organismo "é um sorvedouro de má gestão". E deixa um alerta: "Parece que o IHRU tem alguns financiamentos que contraiu e quer passá-los para a câmara. Essa má notícia não poderemos aceitar."

Em assembleia municipal, o presidente da Câmara do Porto referiu também que, caso a autarquia fique com as habitações do IHRU, será necessário reabilitá-las, dado o avançado estado de degradação. Para tal, defende um investimento dividido "em partes iguais" pelo município e pelo Estado central. A hipótese colheu a total oposição de Rui Sá (CDU).

"O município só deve aceitar a transferência depois de as casas estarem requalificadas pelo IHRU porque o Estado, infelizmente, não é bom pagador", frisou. O eleito lembrou que a câmara já se tem substituído ao Estado central noutros casos, como a cedência de viaturas à PSP, a requalificação da Escola Secundária Alexandre Herculano e o investimento de 400 mil euros nas salas de consumo assistido.

Já Rui Moreira criticou ainda o apoio estatal de 35% para a construção de novas habitações sociais, o que, indica, "não é manifestamente suficiente". "Digam sinceramente se acreditam que, com 35% de apoio, os municípios vão construir habitação social. Não vão! Má notícia, não vão", disse o autarca.

A habitação é considerada o ‘calcanhar de Aquiles’ do Porto. Rui Moreira defendeu a criação, por parte do Estado central, de um "cheque-renda".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)