Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

São Marcos perde luta por regresso do comboio

População realizou manifestações e um abaixo-assinado a exigir a reabertura da estação.
José Carlos Eusébio 29 de Abril de 2017 às 09:33
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Comboios continuam a parar na estação de São Marcos da Serra mas os passageiros não podem entrar ou sair
Os comboios deixaram definitivamente de parar em São Marcos da Serra, no interior do concelho de Silves, apesar da luta da população a exigir a reabertura da estação. No entanto, o Governo garante que já "solicitou o estudo de alternativas de transporte, de forma a satisfazer as necessidades da população".

Numa resposta a questões colocadas por deputados do PCP, a que o CM teve acesso, o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas referiu que o atual modelo de oferta comercial da Linha do Sul - que levou ao fecho da estação de São Marcos da Serra, em 2011 - foi definido após terem sido "consultadas as autarquias da região, nomeadamente a de Silves".

Contactada pelo CM, a presidente da Câmara de Silves, Rosa Palma, afiançou que "se houve algum acordo não foi com este executivo, que sempre lutou e vai continuar a lutar pela reabertura da estação". Segundo a autarca, "o problema é que não há alternativas de transporte para a população", porque "só existe um autocarro de manhã e outro ao fim do dia". E acrescenta que "o caricato é que os comboios até param na estação para aguardar a passagem de composições que se deslocam em sentido contrário, mas ninguém pode entrar ou sair".

Ao longo dos últimos meses, a população de São Marcos já realizou várias manifestações a exigir que o comboio volte a parar na povoação, bem como foi promovido um abaixo-assinado, que foi subscrito por cerca de mil pessoas. Esta freguesia do interior do Algarve perdeu quase metade da população em apenas quatro décadas - no último Censos, em 2011, tinha 1352 habitantes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)