Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Seis candidatos querem liderar Câmara de Faro

Rogério Bacalhau (PSD) tenta reeleição que só foi conseguida uma vez em 40 anos.
Pedro F. Guerreiro 2 de Setembro de 2017 às 10:34
Câmara tem seis candidatos
Câmara tem seis candidatos FOTO: Direitos Reservados
Seis candidatos estão na corrida à presidência da Câmara de Faro nas próximas eleições autárquicas. Além do atual presidente e recandidato do PSD Rogério Bacalhau - numa coligação que inclui CDS/PP, PPM e MPT -, vão a votos António Eusébio (PS), António Mendonça (CDU), Eugénia Taveira (BE), Paulo Batista (PAN) e Humberto Correia (independente).

Após um mandato marcado pela "reorganização financeira", Bacalhau espera conseguir a reeleição - feito que, em Faro, só aconteceu uma vez, em 1993, por João Botelheiro (PS) - e afirmar a capitalidade da cidade. "A nossa visão é fazer de Faro uma capital reconhecida nacional e internacionalmente, para que quem cá viva tenha melhores condições e quem nos visita fique com vontade de voltar", referiu ao CM.

O seu grande concorrente é António Eusébio, deputado e líder do PS Algarve, que aposta na área social e critica o atual executivo de falta de planeamento e visão de futuro. "Não haver dinheiro não explica tudo, não foram capitalizados fundos comunitários que podiam ter trazido mais investimento e que poderiam ter melhorado a qualidade de vida das pessoas", explica.

O vereador da CDU António Mendonça volta a ser cabeça de lista e critica "o desmazelo na manutenção dos espaços públicos", em particular na zona ribeirinha e nas ilhas barreira. "Onde tem jurisdição, a Câmara de Faro tem obrigação de intervir, e onde não tem, tem de pressionar e fazer com que o Governo resolva", refere.

Já Eugénia Taveira, cabeça de lista do Bloco de Esquerda, aposta numa autarquia com "contas certas" e num concelho mais solidário. "Houve pessoas deixadas para trás, nomeadamente nas freguesias mais rurais", acusa.
Ver comentários