Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Separação dos hospitais tem de ser “ponderada”

Ministro da Saúde já decidiu acabar com Centro Hospitalar do Algarve e aguarda estudo.
Rui Pando Gomes 17 de Janeiro de 2017 às 08:26
Teresa Caeiro, Assunção Cristas e o líder do CDS-Algarve, José Pedro Caçorino, com Joaquim Ramalho (de costas)
Teresa Caeiro, Assunção Cristas e o líder do CDS-Algarve, José Pedro Caçorino, com Joaquim Ramalho (de costas) FOTO: Pedro Noel da Luz
A decisão de acabar com o Centro Hospitalar do Algarve (CHA) já foi tomada pelo ministro da Saúde, mas a separação dos hospitais algarvios, na prática, ainda poderá demorar muitos meses até ser concretizada.

O alerta foi feito ontem ao CM pelo administrador do CHA, à margem de uma visita à unidade de Portimão da deputada e presidente do CDS-PP, Assunção Cristas.

Segundo Joaquim Ramalho, "qualquer decisão que venha a ser tomada terá de ser maturada e ponderada e a sua implementação será feita de forma a não perturbar o funcionamento" das unidades de saúde. O gestor hospitalar lembra ainda que, seja qual for o modelo que o Governo queira implementar, "será mais fácil com um centro hospitalar forte e não com uma instituição fraca".

Tal como o CM já noticiou, a decisão de separar a gestão dos hospitais já foi tomada pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, que pediu um estudo à Administração Regional de Saúde do Algarve para avaliar o desempenho do atual modelo de gestão hospitalar.

O estudo foi pedido pelo Governo há mais de um ano, na sequência de problemas nos hospitais da região, principalmente a falta de meios e de médicos. E foi precisamente sobre a falta de clínicos que se falou durante a reunião entre a líder do CDS-PP e a administração hospitalar.

"Fizemos a avaliação do que são as maiores necessidades deste centro hospitalar e o que me foi transmitido é que existe uma necessidade recorrente de falta de profissionais de saúde, principalmente ao nível de médicos especialistas", referiu Assunção Cristas no final da visita.
separação hospitais CHA Algarve Ministro da Saúde Centro Hospitalar do Algarve
Ver comentários