Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Túnel com 310 metros de comprimento trava cheias em Lisboa

Estrutura situada entre Avenidas de Berlim e Infante D. Henrique pronta no final do mês.
Bernardo Esteves 1 de Outubro de 2019 às 08:18
Túnel entre as avenidas de Berlim e Infante D. Henrique pronto no fim de outubro
O autarca Fernando Medina com os responsáveis da obra
Fernando Medina
Túnel entre as avenidas de Berlim e Infante D. Henrique pronto no fim de outubro
O autarca Fernando Medina com os responsáveis da obra
Fernando Medina
Túnel entre as avenidas de Berlim e Infante D. Henrique pronto no fim de outubro
O autarca Fernando Medina com os responsáveis da obra
Fernando Medina
O novo túnel de drenagem construído entre as avenidas de Berlim e Infante D. Henrique fica concluído no final de outubro e o trânsito na zona deixará de estar condicionado a partir de novembro, garantiu a Câmara de Lisboa.

Esta segunda-feira foi retirada a perfuradora daquele que é o primeiro túnel exclusivamente de drenagem construído na capital. A estrutura com 310 metros de comprimento, 1,2 metros de diâmetro e nove metros de profundidade representa um investimento de três milhões de euros.

"O túnel consegue evitar de certa forma que toda a zona do Parque das Nações seja invadida com cheias, caso elas aconteçam com eventos pluviométricos anormais", afirmou José Silva Ferreira, coordenador do Plano Geral de Drenagem de Lisboa (PGDL). "O que nós fizemos aqui nada mais é do que colocar um coletor em paralelo com o existente", acrescentou.

O presidente da câmara, Fernando Medina, considerou que este "é um plano da maior importância para a cidade", uma vez que "com o fenómeno das alterações climáticas" é esperada "a ocorrência mais frequente de fenómenos extremos, isto é, de cheias de grande intensidade".

Falta construir os dois maiores túneis do PGDL, entre Monsanto e Santa Apolónia (5 km) e entre Chelas e o Beato (1 km), cujo arranque tem sido adiado porque o primeiro concurso público, no valor de 112 milhões de euros, não teve propostas. Um novo concurso de 140 milhões de euros foi lançado esta segunda-feira.

Segundo José Silva Ferreira, as obras deverão começar no início de 2021 e ficar concluídas em 2024. Os dois túneis têm 5,5 metros de diâmetros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)