Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Turismo quer ter praias vigiadas ao longo do ano

Presidente da Região de Turismo do Algarve defende vigilância na primavera.
Rui Pando Gomes 16 de Maio de 2017 às 10:23
Praia
Praia
Praia
Praia
Praia
Praia
Praia
Praia
Praia
Praias com vigilância de nadadores-salvadores durante todo o ano, com uma maior responsabilidade financeira dos municípios. É esta a posição do presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, revelada ontem ao CM à margem da abertura da época balnear nas praias do concelho de Albufeira.

Sem papas na língua, o responsável do setor do turismo no Algarve defende que "as praias com condições para funcionar na primavera e no verão não podem estar presas na lei". Desidério Silva é defensor de uma região turística a funcionar em pleno durante todo o ano, desde que exista "uma maior flexibilidade e mais responsabilidade da parte das autarquias".

A época balnear nas 25 praias concessionadas do concelho de Albufeira abriu ontem oficialmente, apesar de algumas já terem vigilância desde o dia 1 de maio. Os restantes areais do Algarve só começam a ter vigilância obrigatória no dia 1 de junho, sendo que alguns concessionários "já têm nadadores-salvadores por opção", revelou ao CM o comandante da Capitania do Porto de Portimão, Ricardo Arrabaça, que garante que agora os banhistas "estão mais seguros porque já há nadadores-salvadores".

O Algarve tem este ano 88 praias com bandeira azul, sendo que 25 são em Albufeira. "Temos uma responsabilidade maior e por isso temos de fazer tudo para manter o nível", defendeu ontem o presidente da autarquia, Carlos Silva e Sousa.

Durante a cerimónia, foi simulado um salvamento por parte da embarcação salva-vidas de Ferragudo e por elementos da Associação de Nadadores-Salvadores de Albufeira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)