Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Vinhais recupera edifício para ajudar quem precisa

Centro de Acolhimento receberá vítimas de violência ou, por exemplo, de um incêndio.
Tânia Rei 1 de Abril de 2019 às 10:51
Luís Fernandes, autarca de Vinhais
Camâra Municipal de Vinhais
Luís Fernandes, autarca de Vinhais
Camâra Municipal de Vinhais
Luís Fernandes, autarca de Vinhais
Camâra Municipal de Vinhais
O município de Vinhais vai recuperar um edifício no centro histórico da vila para servir de Centro de Acolhimento. O espaço era de um privado e foi adquirido pela autarquia. Além de contribuir para a revitalização da zona histórica, o objetivo é ter um local que possa ajudar os cidadãos em caso de necessidade, por se encontrarem em situação temporária de sem-abrigo ou desprovidos de suporte familiar.

"Em caso de violência doméstica, de uma catástrofe, como um incêndio, ou em qualquer outro caso em que alguém fique temporariamente sem habitação, vai servir para acolher as pessoas durante algum tempo", explicou ao CM Luís Fernandes, o autarca vinhaense.

Para este projeto foi feita uma candidatura, já aprovada, ao Programa Bem - Beneficiação de Equipamentos Municipais, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte. "O valor total do projeto ronda os 250 mil euros, e é comparticipado em 50%", especifica o presidente da câmara.
O edifício está "bastante degradado" e antes era uma casa particular. O concurso público vai ser lançado "brevemente" e o prazo de execução da empreitada fica também dependente dos trâmites necessários até à fase de reconstrução.

Esta obra é apenas um dos passos para uma nova vida para a zona histórica. Há outro projeto já aprovado, não muito longe do futuro Centro de Acolhimento, para um Centro Interpretativo da Morte e do Diabo, uma tradição secular e única que marca a entrada do período da Quaresma, em que numa espécie de procissão, os ‘diabos’ saem à rua para apanhar as almas pecadoras.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)