Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

112 ignora meios da Cruz Vermelha

Um homem morreu ontem na Praia dos Pescadores, em Armação de Pêra, vítima de ataque cardíaco enquanto tomava banho no mar.
3 de Setembro de 2007 às 00:00
Banhista teve ataque na água
Banhista teve ataque na água FOTO: Rui Pando Gomes
O banhista, com cerca de 50 anos, foi sujeito a massagens de reanimação até à chegada dos bombeiros e INEM, por parte de um nadador salvador, mas foram ignorados os meios de socorro da Cruz Vermelha, que estão a 150 metros do local.
As críticas surgiram uma vez que já se verificaram na freguesia outros casos semelhantes de desarticulação dos serviços de emergência. “Não é a primeira pessoa que morre devido a esta desorganização. Se existem meios por que é que não são chamados?”, pergunta revoltado o presidente da Junta, Fernando Santiago.
O comandante local da Cruz Vermelha, José Freitas, garantiu ao CM que a Unidade tem “uma ambulância equipada com desfibrilhador e profissionais formados para estas situações, mas não foram chamados”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)