Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

150 bombeiros na rua em protesto contra redução de efectivos

Cerca de centena e meia de bombeiros estão esta quinta-feira de manhã concentrados frente à sede do Regimento de Sapadores de Bombeiros de Lisboa a protestar pela redução de efectivos, motivada pela decisão da autarquia de aumentar o número de turnos.
5 de Janeiro de 2012 às 11:29
Bombeiros estão contra cortes
Bombeiros estão contra cortes FOTO: Vítor Mota

O chefe dos bombeiros Simão Martins, também dirigente sindical do STML (Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa), disse à Lusa que a redução de efectivos é "uma situação incomportável" para quem "presta socorro na cidade de Lisboa".

Em greve desde 28 de Dezembro, os Sapadores Bombeiros de Lisboa vão manter até Domingo uma paralisação que contesta a intenção da Câmara Municipal de aumentar de quatro para cinco os turnos de trabalho, sem o reforço de efectivos.

Cerca das 10h45, os manifestantes tentaram cortar a circulação rodoviária na avenida D. Carlos I, em Lisboa, mas um dos graduados presentes apelou à calma, acabando por conseguir refrear os ânimos dos seus colegas.

A agência Lusa solicitou informações ao comandante do regimento, Joaquim Leitão, o que não foi possível por este estar reunido com o vereador da Câmara Municipal de Lisboa Manuel Brito.

Durante a greve, os funcionários estão nos quartéis, respondendo apenas a situações em que esteja em causa a vida humana.

Bombeiros Sapadores Protesto Lisboa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)