Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

174 CURSOS SUPERIORES EM RISCO

Há 174 cursos que tiveram menos de dez alunos matriculados no 1.º ano e que por isso correm o risco de ser fechados ou reconvertidos.
8 de Outubro de 2004 às 09:17
Segundo os dados do Ministério da Ciência, Inovação e Ensino Superior, há oito cursos que tiveram zero colocados - Filosofia, Estatística, Línguas e Literaturas Europeias e Física e Química (U. dos Açores), Eng. Têxtil (U. Beira Interior), Eng. Florestal (U. Trás-os-Montes e Alto Douro), Dança (I. P. de Leiria) e Professores do EB de Português/Inglês (I.P. Viana do Castelo).
Com um a cinco novos alunos há 90 cursos e de, 6 a 9, 76. "Não há nenhum drama, pois há uma política dinâmica dos cursos e das vagas", explicou a ministra da Ciência, Inovação e Ensino Superior, Maria da Graça Carvalho. As universidades dos Açores e de Évora são as que podem fechar mais cursos - doze em cada.
REORGANIZAÇÃO DISCUTIDA
A discussão em torno da reorganização dos cursos superiores levou nove ordens profissionais a criticar a denominação de licenciatura ao ciclo de três anos de curso. "É uma desqualificação em relação aos actuais licenciados, não se percebendo por que é que na Europa se denomina bacharel e em Portugal não é essa a intenção", explicou Fernando Santo, bastonário da Ordem dos Engenheiros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)