Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

20 anos de prisão para homem que matou mulher à machadada

Francisco Gomes, de 26 anos, que em Julho de 2009 matou a ex-companheira à machadada, na Moita, foi esta terça-feira condenado a uma pena de vinte anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado.
6 de Abril de 2010 às 12:33
Francisco e Sara
Francisco e Sara FOTO: d.r.

A leitura da sentença decorreu no Tribunal da Moita, onde estiveram presentes dezenas de populares.

A família da vítima pede a pena máxima (25 anos) para o homem que assassinou brutalmente Sandra Cristina Pereira, na altura com 23 anos, devendo, desta forma, recorrer da decisão conhecida hoje no Tribunal da Moita.

Recorde-se que a jovem foi abordada pelo ex-namorado, com quem tinha duas filhas, nas bombas de gasolina de Chão Duro, e golpeada várias vezes na cabeça, no pescoço e nos braços.

Antes de ser assassinada, Sara apresentou diversas queixas de violência doméstica contra o ex-companheiro. Em causa estavam constantes desentendimentos sobre a guarda das filhas, de um e seis anos, que agora vão receber uma indemnização de 85.500 euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)