Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Bate contra a porta antes de assalto

Ladrão apressado não terá reparado em vidro, em Santa Maria da Feira.
Ana Isabel Fonseca e Francisco Manuel 2 de Novembro de 2015 às 20:02
Assaltante atacou bombas de gasolina em Caldas de São Jorge
Assaltante atacou bombas de gasolina em Caldas de São Jorge FOTO: DR
Encapuzado e de catana na mão, o ladrão correu em direção às bombas de gasolina Petro Lopes, em Caldas de São Jorge, Santa Maria da Feira. Pensou que a porta automática iria abrir, mas tal não aconteceu. Chocou contra o vidro, causando um estrondo enorme. Mesmo assim, conseguiu recompor-se e ameaçou a funcionária com uma catana, levando cerca de 200 euros.

O caso ocorreu no final da tarde de sábado. Com as notas na mão, o assaltante fugiu a pé, mas caiu na estrada e espalhou o dinheiro. Recolheu tudo e correu até ao carro, no qual o esperava um cúmplice. Este é já o quarto assalto da dupla em duas semanas, nos concelhos da Feira e de Arouca.

"A minha cunhada é que estava aqui nessa altura. Ela reparou que alguém bateu contra a porta, mas estava muito escuro e nem percebeu que era um ladrão. Entretanto, ele entrou e disse logo que era um assalto e queria o dinheiro. Ela não reagiu", contou Sónia Lopes, sócia-gerente das bombas de gasolina.

No interior do posto de combustível, onde também funciona um café, estavam dois clientes, tendo um deles fugido. "Um outro senhor ficou em choque, esteve depois durante uma meia hora a mexer no café sem dizer nada", contou Sónia Lopes.

A GNR foi chamada ao local e tenta agora encontrar pistas, que possam levar à identificação da dupla de assaltantes.
Santa Maria da Feira GNR assalto Caldas de São Jorge ladrão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)