Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Homicida de bebé agredido na cadeia

Emanuel Mário foi alvo da ira de outros reclusos.
20 de Dezembro de 2015 às 21:31
Emanuel Mário terá sido agredido durante a hora de recreio
Emanuel Mário terá sido agredido durante a hora de recreio FOTO: João Santos
O homem que foi condenado na quarta-feira a 25 anos de prisão por ter morto a própria filha bebé, de quatro meses, mergulhando-a em água a ferver, em Lisboa, foi alvo de agressões na prisão da Carregueira, Sintra.

Emanuel Mário, de 31 anos, terá sido agredido durante a hora de recreio, ontem de manhã – entre as 09h15 e as 11h15 –, longe dos olhares dos guardas, apurou o CM junto de fonte prisional.

O homicida não apresentou queixa aos guardas prisionais – estes ficaram a saber por outros reclusos – nem foi à enfermaria.

As pessoas detidas por crimes contra crianças costumam ser alvo de represálias na cadeia.

A mulher de Emanuel Mário também foi condenada pelo mesmo crime, no Campus da Justiça, em Lisboa.
Agressão cadeia Emanuel Mário reclusos bebé Lisboa Carregueira prisão agressões Sintra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)