Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Morre esmagado por autocarro

Homem, de 75 anos, colhido por pesado sem travões no Seixal.
Miguel Curado 1 de Fevereiro de 2018 às 08:33
Motorista da carreira 162 dos TST estava fora do autocarro no momento em que o veículo começou a andar sozinho
Idoso estava a jardinar junto a este prédio, em Miratejo, quando foi colhido mortalmente pelo autocarro
Autocarro matou homem no Seixal
Autocarro matou homem no Seixal
Autocarro matou homem no Seixal
Motorista da carreira 162 dos TST estava fora do autocarro no momento em que o veículo começou a andar sozinho
Idoso estava a jardinar junto a este prédio, em Miratejo, quando foi colhido mortalmente pelo autocarro
Autocarro matou homem no Seixal
Autocarro matou homem no Seixal
Autocarro matou homem no Seixal
Motorista da carreira 162 dos TST estava fora do autocarro no momento em que o veículo começou a andar sozinho
Idoso estava a jardinar junto a este prédio, em Miratejo, quando foi colhido mortalmente pelo autocarro
Autocarro matou homem no Seixal
Autocarro matou homem no Seixal
Autocarro matou homem no Seixal
Um homem de 75 anos, que tinha ficado viúvo há cerca de um mês, morreu esta quarta-feira esmagado por um autocarro da empresa Transportes Sul do Tejo (TST), em Miratejo, Seixal. Na origem do acidente terá estado uma avaria nos travões do pesado de passageiros.

O atropelamento ocorreu pelas 14h10, na avenida Luís de Camões. O autocarro 162 dos TST, que liga Miratejo a Lisboa, parou nesta artéria devido a uma aparente avaria. O motorista saiu do pesado que, segundos depois, começou a andar sozinho. O desnível da rua fez com que o autocarro ganhasse velocidade e embatesse num carro estacionado. A marcha do pesado não foi travada e o autocarro acabou por atingir o homem. A vítima estava a fazer trabalhos de jardinagem, a pedido de uma empresa de gestão de condomínios.

José Pina foi testemunha do acidente e disse ao CM ter visto o jardineiro "debaixo da roda frontal direita do autocarro". "Ele ainda falou durante vários minutos, mas agonizou até morrer", explicou.

Os Bombeiros do Seixal enviaram ao local 10 elementos e seis viaturas. A PSP cortou o trânsito, enquanto o corpo do homem era retirado de debaixo do autocarro. Foi transportado para a morgue do Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde será autopsiado. O idoso deixa um filho.n
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)