Professor acusado de mais de 500 crimes de abuso sexual começa a ser julgado em Beja

Crianças já depuseram e relataram os abusos de que alegadamente foram alvo por parte do professor.
10.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Tribunal de Beja começou esta segunda-feira a julgar um professor, de 48 anos, de uma escola básica no distrito que está acusado de mais de 500 crimes de abuso sexual de cinco alunas.

Na primeira sessão do julgamento, que decorre à porta fechada, foi lida a acusação do Ministério Público (MP) e ouvidas as mães das vítimas, que são assistentes no processo, tendo o arguido recusado prestar declarações.

O homem, detido no dia 22 de novembro de 2017 e que se encontra em prisão preventiva, está acusado de um total de 536 crimes, dos quais 534 são de abuso sexual de crianças, um é por posse de pornografia infantil e o outro por maus-tratos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!