Paulo Pereira Cristóvão e 'Mustafá' em silêncio no início de novo julgamento

Começou a repetição do julgamento relacionado com assaltos violentos a residências.
11.02.19
O ex-inspetor da Polícia Judiciária Paulo Pereira Cristóvão e o líder da claque Juventude Leonina, Nuno Vieira Mendes, conhecido como 'Mustafá', remeteram-se esta segunda-feira ao silêncio no início da repetição do julgamento relacionado com assaltos violentos a residências.

Os 17 arguidos, incluindo ainda três agentes da PSP, acusados de pertencerem a uma alegada rede criminosa de assaltos a residências na região de Lisboa e na margem sul do rio Tejo, começaram a ser novamente julgados, desta vez no Tribunal de Cascais, após anulação do primeiro julgamento na sequência de um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça.

Na manhã de hoje, apenas dois dos arguidos prestaram declarações, enquanto outros, entre eles Pereira Cristóvão e 'Mustafá', assumiram querer falar em julgamento, mas "não para já".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!