Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Homem esfaqueado ao defender vítima de violência doméstica

Agressor de 24 anos foi detido após ataque com seis facadas, em Avintes, Vila Nova de Gaia.
14 de Março de 2019 às 09:54
A carregar o vídeo ...
Agressor de 24 anos foi detido após ataque com seis facadas, em Avintes, Vila Nova de Gaia.
Um homem de 36 anos ficou ferido na madrugada desta quinta-feira, ao ser esfaqueado quando defendia uma mulher vítima de violência doméstica, em Avintes, Vila Nova de Gaia. O agressor é um homem de 24 anos, que foi detido.

Graça, mulher do homem esfaqueado, conta ao CM que o marido foi atacado com seis facadas quando acompanhava a jovem - que é colega de trabalho de Graça - a casa. "Apercebemo-nos há algum tempo que a rapariga era vítima de violência psicológica e de agressões por parte do ex-namorado. Nós ajudámo-la, e fomos com ela à GNR. O meu marido vinha com ela para casa, para garantir que ela estava segura, quando foi atacado. Levou facadas na testa, no peito e outras zonas do corpo". 

A mulher conta que o agressor se escondeu e apareceu subitamente ao marido e à colega, partindo de imediato para as agressões, por volta da 1h00 desta quinta-feira.

A vítima ficou com ferimentos graves e foi transportada para o Hospital Santos Silva, em Gaiam, onde foi sumnetido a uma intervenção cirúrgica por causa das lesões no tórax. "Está sedado, mas está a recuperar", diz a mulher ao CM.

Graça conta que a rapariga rompeu recentemente a relação de cerca de três anos com o agressor. "Mas ele não aceitou o fim da relação e continuou a persegui-la".

O agressor pôs-se em fuga mas acabou por ser detido pouco depois. 

Em comunicado a PJ explica as circunstâncias do crime: "a violência doméstica principiou na fase do namoro com recurso a maus tratos psíquicos, ameaças e insinuações relativamente à conduta da namorada. Após a separação e face às ameaças, inclusive de morte, e perseguição reiterada, a vítima teve de recorrer a familiares e amigos, como medida de proteção, para poder circular ou estar na via pública".

O detido, de 24 anos, metalúrgico de profissão, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.
Vila Nova de Gaia Hospital Santos Silva crime facada rixa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)