Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Põe veneno na bebida do filho para o assassinar

Suspeito de 47 anos responde ainda por violência doméstica.
Tiago Virgílio Pereira 7 de Agosto de 2020 às 01:30
PJ, xxx
PJ, xxx FOTO: Pedro Brutt Pacheco
Um homem de 47 anos mantinha uma relação de conflito com o filho, maior de idade, e decidiu colocar-lhe na bebida "o mesmo produto que se usa para sulfatar as vinhas", explicou ontem fonte da PJ da Guarda.

A intenção era matá-lo e só não o conseguiu porque a mãe e ex-mulher do suspeito se apercebeu e evitou a tragédia. O homem foi detido pela PJ da Guarda e hoje é presente a juiz para conhecer as medidas de coação. Responde por um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, e ainda dois crimes de violência doméstica, que exerceu sobre a ex-mulher e uma filha, de 12 anos.

O crime de homicídio tentado aconteceu na quarta-feira, na casa onde os quatro viviam, na Meda. O homem, desempregado, colocou veneno na bebida do filho e só não o matou porque, quase por acaso, a mãe se apercebeu de algo de anormal com o recipiente onde estava o veneno misturado na bebida. A mulher alertou depois a GNR, que passou a investigação à Judiciária. O homem é também suspeito de maus-tratos psicológicos sobre a ex-mulher e uma filha menor. A violência já durava há vários anos.
PJ Guarda crime lei e justiça crime homicídio questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)