Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Rosa Grilo salva jovem homicida na cadeia de Tires

Advogada esteve esta quinta-feira com ela em Tires. Está "apática" e a tomar ansiolíticos.
Débora Carvalho 8 de Janeiro de 2021 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Advogada esteve esta quinta-feira com ela em Tires. Está "apática" e a tomar ansiolíticos.
Rosa Grilo, condenada a 25 anos de prisão pelo homicídio do marido, evitou o pior na cadeia de Tires. Foi uma das reclusas que impediu que Maria Malveiro se suicidasse na cela. A segurança, de 19 anos, acusada de matar e esquartejar um jovem, no Algarve, tentou pôr termo à vida, com recurso a um lençol, no interior da cela. O episódio aconteceu na quarta-feira, por volta das 18h30.

Uma reclusa detetou que a porta da cela de Maria estava fechada - o que só acontece às 19h00 - e alertou Rosa Grilo, que socorreu de imediato a colega. Acusadas do homicídio de Diogo, as ex-namoradas Maria e Mariana envolveram-se, na segunda-feira, em confrontos violentos na cela que partilhavam. Maria vai apresentar queixa contra a ex-companheira por ofensas à integridade física.

A advogada esteve esta quinta-feira com ela em Tires. Está "apática" e a tomar ansiolíticos. "Perfeitamente expectável para quem acompanha e evitável se as entidades competentes tivessem atendido aos alertas da defesa", refere João de Sousa, consultor da equipa de defesa. Maria pediu há vários meses a sua transferência.
Rosa Grilo Maria Malveiro Tires Algarve crime lei e justiça prisão
Ver comentários