Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

23 anos de prisão por matar mulher com ácido

Arguido esganou a mulher e verteu-lhe um líquido tóxico na boca.
28 de Outubro de 2016 às 18:17
O arguido Bernardino Magalhães
O arguido Bernardino Magalhães FOTO: Direitos Reservados
O Tribunal de Penafiel condenou um homem à pena de 23 anos e dez meses de prisão pela prática de dois crimes de homicídio, um deles na forma tentada, em Paços de Ferreira, informou esta sexta-feira o Ministério Público.

Segundo o 'site' da Procuradoria Geral Distrital do Porto, os factos ocorreram em Penamaior, freguesia de Paços de Ferreira, no dia 27 de setembro de 2015.

O arguido terá agido pelo "desejo de vingança", depois de a mulher o ter denunciado às autoridades por violência doméstica.

Segundo o MP, o homem consumou os crimes na casa onde residia a mulher e o sogro, um idoso acamado.

Na cozinha da habitação, o arguido esganou a mulher e verteu-lhe um líquido tóxico na boca, saindo posteriormente de casa e fechando as portas à chave. De seguida regou o exterior com gasolina e ateou fogo.

As chamas não destruíram completamente a habitação devido à intervenção dos vizinhos, que chamaram os bombeiros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)