Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

26 detidos em operação da PJ por burla informática

Grupo criminoso desenvolveu crimes durante vários meses e terá lesado centena de vítimas, causando um prejuízo superior a milhões de euros. 
Correio da Manhã 30 de Maio de 2022 às 13:20
A carregar o vídeo ...
26 detidos em operação da PJ por burla informática
A Polícia Judiciária deteve esta segunda-feira 21 homens e 5 mulheres, na sequência de uma operação de combate ao cibercrime, pela prática de crimes de buela informática, falsificação de documentos, falsidade informática, acesso ilegítimo, branqueamento de capitais e associação criminosa. 

A operação decorreu nos concelhos de Lisboa, Sintra, Mafra, Odivelas, Loures, Seixal, Sesimbra, Setúbal e Marinha Grande e envolveu investigadores e peritos da Polícia Judiciária.

O grupo criminoso desenvolveu os crimes durante vários meses e terá lesado centena de vítimas, causando um prejuízo superior a milhões de euros. 

O crime é conhecido como phishing bancário, e consiste no envio de mensagens, SMS ou e-mail às vítimas, como sendo de entidades bancárias onde têm contas, contendo um texto padrão que induz a pessoas a aceder a um endereço eletrónico. 

Posteriormente, as vítimas eram contactadas por chamadas de voz, por um individuo que se fazia passar por um funcionário bancário, com o objetivo de enganar e validar as transferências bancárias ilícitas. 

Os detidos serão presentes à autoridade judiciária competente para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas. 

Polícia Judiciária crime lei e justiça crime organizado
Ver comentários