Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

300 carros bloquearam EN124 em protesto

Estrada esburacada tem sido palco de acidentes regulares.
Rui Pando Gomes 15 de Abril de 2018 às 09:47
Marcha lenta decorreu este sábado
Marcha lenta decorreu este sábado
Marcha lenta decorreu este sábado
Marcha lenta decorreu este sábado
Marcha lenta decorreu este sábado
Marcha lenta decorreu este sábado
Devagar, devagarinho. Foi assim que mais de 300 viaturas percorreram este sábado dez quilómetros da EN124, entre Silves e o Porto de Lagos, no concelho de Portimão, durante uma marcha lenta contra o mau estado da via.

A iniciativa foi organizada para alertar para a degradação da estrada, que não é alvo de obras há vários anos. Os estragos nas viaturas são vários, entre pneus, jantes ou amortecedores.

Stella Anne teve de pagar um arranjo do carro no valor de 450 euros devido ao mau estado da via. Vítor Rodrigues, morador em Silves e atual presidente da Assembleia Municipal, alerta que a EN124 liga vários concelhos do Interior do Algarve e estranha os atrasos desta e outras obras em estradas da região, "que obrigam ao uso da A22, onde há portagens".
Vítor Rodrigues presidente da Assembleia Municipal Silves Portimão Porto de Lagos Stella Anne
Ver comentários