Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

320 militares da GNR sem receber gratificados

Os militares da GNR ainda não receberam os gratificados relativos aos serviços que prestaram no Festival do Alviela, organizado pela Câmara de Santarém, em Agosto de 2007, nem na XII Comen Swimming Cup, uma prova de natação que decorreu em Rio Maior, em Julho de 2006, ascendendo a dívida a 36 mil euros.
5 de Janeiro de 2008 às 00:00
No caso de Rio Maior, os 70 militares envolvidos na operação de segurança das selecções de Israel e do Líbano esperam pelo dinheiro há mais de um ano e meio e a Federação Portuguesa de Natação não reconhece a dívida, alegando que “não solicitou a presença da GNR”. Aquele organismo considera que a presença do dispositivo “foi decidida pelo Governo”, tendo em conta a conjuntura política internacional.
Quanto ao Festival do Alviela, envolveu 250 militares que efectuaram o policiamento na zona do recinto e na freguesia de Vaqueiros. “A situação será regularizada durante este mês”, garantiu ontem José Valentim, assessor do presidente da Câmara de Santarém, explicando que os 17 mil euros ainda não foram pagos “por problemas de liquidez na tesouraria”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)