Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

623 jovens desaparecem em 8 meses

Números da Polícia Judiciária indicam que nos primeiros oito meses de 2010 desapareceram 856 pessoas, das quais 623 são adolescentes entre os 12 e os 18 anos. Ainda assim, o conselho é de cuidado na forma como se divulgam os casos.
6 de Setembro de 2010 às 00:30
Maioria são adolescentes
Maioria são adolescentes FOTO: Pedro Catarino

"Não se deve partir para a divulgação de um desaparecimento quando não se sabe se se trata de um desaparecimento voluntário, um rapto ou um sequestro", diz Ramos Caniço, director da Unidade de Informação de Investigação Criminal, da qual faz parte a Brigada de Investigação e Averiguação de Desaparecidos da PJ de Lisboa. A divulgação só deverá ser feita com o consentimento da Polícia Judiciária, que analisará se a integridade física da vítima está ou não em perigo com a divulgação na internet ou nos meios de Comunicação Social.

Ramos Caniço adianta ainda que a maioria das pessoas desaparecidas são adolescentes institucionalizados.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)