Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

89 Hells Angels acusados de tentativa de homicídio e outros crimes

Acusação foi concluída.
11 de Julho de 2019 às 16:43
Hells Angels
Hells Angels FOTO: CMTV
O Ministério Público acusou 89 arguidos do denominado processo "hells Angels" por associação criminosa, tentativa de homicídio qualificado, ofensa à integridade física, extorsão, roubo, tráfico de droga e detenção de armas e munições entre outros crimes.

Numa nota emitida hoje pela Procuradoria-Geral da República é referido que foi deduzida acusação contra 89 arguidos pertencentes à organização "Hells Angels Motorcycle Club" por associação criminosa, homicídio qualificado, na forma tentada, ofensa à integridade física qualificada, extorsão qualificada, dano qualificado com violência, roubo, tráfico de estupefacientes, detenção de armas e munições proibidas, bem como consumo de drogas.

"No âmbito de inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DCIAP), com investigação realizada pela Polícia Judiciária, o Ministério Público deduziu no dia de ontem, 10 de julho de 2019, acusação contra oitenta e nove arguidos pela prática de crimes de associação criminosa, homicídio qualificado, na forma tentada, ofensa à integridade física qualificada, extorsão qualificada, dano qualificado com violência, roubo, tráfico de estupefacientes, detenção de armas e munições proibidas, bem como consumo de estupefacientes", lê-se numa nota da PGR.

Dos 89 arguidos acusados, 37 encontram-se em prisão preventiva, cinco estão obrigados a permanecer na habitação com vigilância eletrónica e dois encontram-se detidos na Alemanha, a aguardar extradição para Portugal.

Hells Angels crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)