Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

“A minha mãe já não respirava”

"Quando olhei para a minha mãe, ela já estava morta. Não respirava. Foi a pior visão que tive até hoje". José Mota, de 21 anos, recordou ao CM os minutos de terror que viveu, anteontem à tarde, após a procissão de Nossa Senhora do Calvelo, em Fervença, Celorico de Basto, quando a mãe, Glória Silveira, de 46 anos, morreu esmagada pelos ferros do palco. Para apurar as causas da morte e as condições de segurança do palco, o Ministério Público abriu um inquérito.
23 de Agosto de 2011 às 00:30
Glória Silveira morreu esmagada por ferros do palco. O marido, António Mota, e o filho, José, viram tragédia
Glória Silveira morreu esmagada por ferros do palco. O marido, António Mota, e o filho, José, viram tragédia FOTO: Miguel Pereira da Silva

Para Hernâni Costa, presidente da Junta de Freguesia de Fervença, o palco tinha "todos os requisitos de segurança , pois acolheu vários espectáculos musicais sem se ter registado qualquer incidente. A culpa é mesmo do vento forte que se fez sentir". A mesma opinião é partilhada pelos restantes moradores da pacata aldeia. "Sempre se realizaram as festas naquele local e daquela forma. Se não fosse o vento, ninguém tinha morrido", disse Manuel Teixeira.

O corpo de Glória Silveira foi ontem transportado para o IML de Guimarães, onde foi autopsiado. No local, estiveram sempre o marido, António Mota, 51 anos, o filho e um sobrinho da vítima. "Ficou com os ferros todos em cima. Eu corri para ela, mas também fui atingido por um ferro do palco. Tive de ir ao hospital e levei três pontos", acrescentou José, emocionado. As afirmações eram partilhadas pelo primo, Daniel Lemos, que também assistiu à tragédia com a sua tia. "Estávamos todos em família. Nunca pensámos que a trovoada viesse tão rápido e que destruísse tudo por onde passava. A minha tia foi projectada para o chão e fracturou a cabeça", referiu o jovem, de 25 anos.

Como a família de Glória Silveira é uma das mais carenciadas de Fervença, a junta de freguesia disponibilizou-se para assegurar todos os custos do funeral, que se realizará hoje às 16h00.

CELORICO DE BASTO ESMAGADA PALCO MAU TEMPO TEMPORAL PROCISSÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)